O que dizem os especialistas?

Se você não cuida da higiene da sua prótese dentária e não se preocupa com a alimentação, cuidado! Sem a atenção correta, sua boca pode se ferir e sua mastigação ser prejudicada, bem como a digestão dos alimentos. E mais: se a higienização não for feita, os restos de alimentos irão causar mau hálito, além de poderem gerar manchas nos dentes e na resina da prótese.

A higiene adequada pode ser feita com escova dental de cerdas mais duras e creme dental, mas também é possível usar escovas específicas para limpeza de próteses removíveis. “Além disso, vale utilizar pastilhas efervescentes em água específicas para completar a limpeza”.  O creme dental não é fundamental como a escova, e pode ser substituído por outro material de limpeza, como detergentes neutros.

Como as próteses são adaptadas a uma parte do corpo que se remodela, elas devem ser trocadas ou refeitas com o passar do tempo, ou irão machucar e se tornar ineficientes. “A frequência depende da fase em que estão sendo confeccionadas. Quando realizadas logo após a extração dos dentes, deverão ser trocadas num período mais curto de tempo, pois o tecido ósseo irá sofrer muitas alterações até chegar no processo de remodelação. Quando estiver sendo realizada a segunda ou a terceira, as alterações nos tecidos de suporte serão bem menores, portanto, a estabilidade e retenção das mesmas estará presente por maior tempo. Além disso, a condição de desgaste dos dentes também é um fator decisivo na troca.”

Recommended Posts